A nova doença do século

Olá pessoal!

Hoje quero compartilhar com vocês algo muito importante, preste muita atenção! Para poder apoiar sua família e orientar seus filhos, evitando assim, que esse tipo de dependência aconteça na sua casa.

Já a algum tempo, eu e minha esposa Dámaris Pádua, rodando pelo Brasil, ministrando palestras e treinamentos, trabalhando com terapia de casais, na área social, no apoio a recuperação de dependentes químicos e também com trabalhos direto dentro de empresas apoiando os colaboradores e seus líderes, e nessa longa caminhada observamos que existe uma nova dependência que está causando prejuízos emocionais avassaladores.

Algo muito perigoso está acontecendo, como sabemos existe a dependência química que afeta as funções intelectuais da pessoa em decorrência do uso contínuo de alguma substancia química. A ausência dessa substancia no organismo provoca reações psíquicas que alteram o comportamento do dependente.

Agora surge uma nova doença, a dependência emocional pelo uso do celular, que pode causar transtornos comportamentais, reações físicas e psicológicas que são decorrentes da dependência, já que o celular se tornou “parte vital do corpo”.

O Brasil, segundo IBGE, teve no primeiro semestre de 2017 cerca de 13,5 milhões de pessoas desempregadas precisando de uma oportunidade de emprego, mas, também existem muitas empresas precisando de pessoas preparadas e qualificadas e muitas contratações são feitas, porém, o contratado não consegue permanecer na empresa por três dias se quer, por ter que ficar longos períodos sem fazer uso do celular. Isso acontece principalmente com essa nova geração de jovens que estão dependentes emocionalmente dos celulares. A ausência da conexão provoca a sensação de abstinência, disparando gatilhos emocionais gerando desconfortos muitas vezes descontroláveis, levando a queda de pressão, estresse, ansiedade entre outros sintomas mais graves, e muitas vezes nem se dão conta do porquê daquelas sensações. Além dos prejuízos presentes, aqueles que afetam a vida e as tarefas diárias também tem os efeitos causados ao longo do tempo, como dores nas articulações, dores nas costas devido à má postura corporal que o celular induz, prejuízos auditivos, e o mais grave, a perda da noção do mundo real e das interrelações pessoais reais e presentes.

Então essa é a minha dica! Muito cuidado com o mal uso da tecnologia ela é feita para facilitar nossa vida, aos pais, cuidem realmente dos seus filhos, e se cuidem também, pois não tem como controlar o uso por seus filhos se vocês não têm controle também. Muitas famílias estão sendo destruídas por falta de diálogo e interações básicas simplesmente porque as pessoas não sabem utilizar a tecnologia de forma positiva.

Abraços

Valdemir Gabriel

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *